Histórico

Santa Casa de Misericórdia de Corumbá é um hospital datado de 1904.

Também chamada de Associação Beneficente de Corumbá, a Santa Casa, assim como todas as outras, nasceu para proporcionar bom atendimento médico com a ajuda de pessoas e médicos solidários e dedicados a ação conjunta.

No início do século 20, a cidade de Corumbá era uma área de segurança nacional devido a sua proximidade com a Bolívia.

Por conta disso, o exército montou bases e quartéis na região e criou o hospital militar para atender a população carente, já que aqueles com mais condição viajavam para o Rio de Janeiro ou Buenos Aires (Argentina).

Como a assistência estava cada vez mais ineficiente, um grupo de maçons, liderado pelo doutor Valeriano de Oliveira, criou a Sociedade Beneficente Corumbaense, que mais tarde ganhou o nome de Santa Casa de Misericórdia de Corumbá.

Mas foi somente em 1912 que o Hospital da Santa Casa foi inaugurado, entregando um atendimento de qualidade a toda população corumbaense.

No início, o Hospital precisou da ajuda comunitária para a obtenção de equipamentos e outros donativos. Nessa época, as irmãs Salesianas participaram da evolução da Santa Casa, trabalhando em serviços gerais, na ala cirúrgica, atendimento pediátrico e em outras funções.

Mesmo com a crise que afetou vários hospitais entre a década de 60 e 70, a Santa Casa de Corumbá conseguiu se manter de pé, mantendo o projeto social, ainda que os recursos fossem mais escassos.